Todos os nossos ontens

Oi, ooi pessoas!

Tudo bem por aí?

Finalizei em 22/06/2018 o livro: Todos os nossos ontens da Cristin Terrill publicado pela editora Novo Conceito. Pois é, demorei a postar porque (para quem me segue no insta já sabe!) esse foi o livro de Junho SOLO do meu Clube do Libro ET ❤ . Então, lógico que esperei nós comentarmos primeiro! Olha a carinha:

Todos os nossos ontens

 Pus uma fotinha da capa original para fical melhor de visualizar, no Kindle ficou muito escuro.

Como disse lá em cima, esse foi o livro sorteado para o mês de Junho do meu Clube do livro. E posso falar à vontade, até porque eles já estão cientes rsrs, que eu custeeeeeei engatar nesse livro. Por que ele é ruim? Não, mas sei lá… Achei tudo meio previsível (Em exceção do final que fiquei :OOOOO). De cara eu já tinha adivinhado uma coisa que pelo o que a escritora fez, era para ser um segredo até o quase meio para fim do livro [Não, não vou dar spoilers], para mim a protagonista era um pé no saco kkkkkk, simplesmente porque era repetitiva.

Ela pensava uma coisa, repetia isso trinta mil vezes, sem contar que era meio fútil e meu santo não bateu com o dela. Bem, deem um bizu na sinopse:

 “O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?

Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?

Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?

 Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas.

 O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo.

 O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo…”

 Como a sinopse diz, alguém criou uma máquina do tempo e o Governo está usando isso a seu estrito favor. Só que, em meu humilde ponto de vista, isso que era para ser crucial – ou seja, ser bem explicado o horror do futuro; foi muito pincelado só. A protagonista falava pouco, só ‘demonstrava’ seu horror, ficava como um segredo muito horroroso e no fim das contas, quando finalmente falou, não foi ‘nada demais’. Ora, como assim? Bombas, cercos são nada demais?

Não, mas aparentemente ficou restrito aos EUA e o cerco não foi 100% porque se as pessoas tivessem os dados OK com o Governo tudo bem – foi o que deixou subentendido. Entendeu porquê do meu ‘inhé’? rsrs. Mas, vocês devem estar se perguntando porque dei três estrelas e meio no Skoob e GoodReads… O final foi sensacional, ou seja, parte da confusão que sentia até o fim foi solucionada, a linha de viagem no tempo fez sentido, os transes foram explicados [entre linhas] e o final foi muito bem feito.

Então ele me ganhou literalmente nos 45’ do segundo tempo, haha.

Recomendado!

E aí, vocês já leram? O que acharam?

 

UPDATE DA LEITURA:

Hobbie: Guia definitivo do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams;

Clube do Livro: Corte de Espinhos e Rosas – Sarah J. Maas;

 

Até mais, me sigam nas redes!!

Instagram: @pecegoelivros

Twitter: @ninhapecego

Facebook: @pecegoelivros

Goodreads: @pecegoelivros

Skoob: https://www.skoob.com.br/usuario/866267-paulinha#_=_

 

Beijos e abraços.

Paulinha Pêcego

2 comentários em “Todos os nossos ontens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s